[Regressar à Tábua Cronológica]

 

 

 

IDADE CONTEMPORÂNEA

1789: Washington, primeiro presidente do EUA l No Brasil, TIRADENTES e a Inconfidência Mineira. l Lavoisier: Tratado Elementar de Química. l William Blake: Canções de Inocência. l Revolução francesa: o Terceiro Estado proclama-se Assembleia Nacional; a capitulação do rei; a tomada da Bastilha; a discussão da Constituição; a Declaração dos Direitos do Homem; a nacionalização dos bens do clero; a fundação do Clube dos Jacobinos; a organização do poder local (consideram os historiadores que, com estes eventos, se dá por encerrada a Idade Moderna e começa a Idade Contemporânea).

1790: Revolução francesa: extinção dos direitos feudais; os bens do clero são postos à venda; Necker resigna; Luís XVI prepara a fuga. l A Bélgica declara-se independente. l Leopoldo II, da Áustria, sobe ao trono do Sacro Império Romano e reprime a revolução dos Países Baixos austríacos. l Vancouver explora a costa noroeste da América. l Na Inglaterra, primeiro moinho movido a vapor. l Os navios começam a ser construídos com cascos de ferro. l Mozart: A Flauta Mágica. l William Blake: O Casamento do Céu e do Inferno. l Kant: Crítica do Juízo.

1791: Revolução francesa: fuga e prisão de Luís XVI. l Tom Paine publica Os Direitos do Homem. l Declaração de Pilnitz: a Áustria e a Prússia dispostas a intervir em França. l O Canadá é dividido em duas províncias, Ontário e Quebeque. l No Haiti, Toussaint L’Ouverture encabeça a revolta dos escravos negros contra os franceses. l Morte de Mozart. l Goethe é nomeado director do Teatro de Weimar. l Marquês de Sade: Justine. l Bocage: Rimas.

1792: Revolução francesa: abolição da monarquia e a república é proclamada; instituição de um tribunal revolucionário; Luís XVI condenado à morte; instituição do divórcio. l A França declara guerra à Áustria e a Prússia declara guerra à França. l A Dinamarca é o primeiro país a abolir o comércio de escravos. l A China invade o Nepal. l Conté inventa o lápis. l Cunhagem do dollar americano. l Mateus Vicente de Oliveira conclui a construção do Palácio de Queluz. l Rouget de l'Isle compõe A Marselhesa l Luís António Verney: O Verdadeiro Método de Estudar. l Nascimento (provável) da heroína baiana MARIA QUITÉRIA. l No Rio de Janeiro, o Inconfidente TIRADENTES é enforcado em praça pública e depois esquartejado. l No Brasil, Tomás António Gonzaga: Marília de Dirceu. l Degredo de Tomás António Gonzaga para Moçambique. l Galvani publica o resultado das suas experiências sobre a electricidade animal e Volta discorre sobre os fenómenos eléctricos.

1793: Revolução francesa: execução de Luís XVI, Maria Antonieta e Filipe de Orleans; fundação do Comité de Salvação Pública, no qual ingressa Robespierre; o período do Terror, implementado pelo Partido único dos Jacobinos; prisão e execução de girondinos; prisão e assassínio de Marat; levantamentos realistas na Bretanha e na Vendeia; Robespierre decreta a liberdade de culto; instrução primária gratuita e obrigatória. l Primeira coligação contra a França: Inglaterra, Áustria, Prússia, Holanda, Espanha e Sardenha. l O Sacro Império Romano declara guerra à França. l A Inglaterra conquista as colónias francesas da Índia. l Fundado nos EUA o Distrito Federal (actual Washington). l Condorcet: Quadro do Progresso do Espírito Humano. l Em Paris, o Louvre é convertido em museu nacional de arte. l Em Lisboa é inaugurado o Teatro de S. Carlos. l Kant: A Religião nos Limites da Razão.

1794: Revolução francesa: Danton, St. Juste e Robespierre guilhotinados. l Em França, separação da Igreja e do Estado. l Abolição da escravatura nas colónias francesas. l Sublevação polaca de Kosciusko. l Aliança de S. Petersburgo: a Rússia, a Inglaterra e a Áustria contra a França. l A França invade a Espanha e a Holanda. l O «Habeas Corpus» é suprimido na Inglaterra. l Difusão da «Declaração dos Direitos do Homem» nos países americanos. l Morte de Lavoisier, guilhotinado. l Eli Whitney inventa a máquina de descascar algodão. l Xavier de Maistre: Viagem à Volta do Meu Quarto. l Fichte: Fundamentos da Teoria da Ciência.

1795: Revolução francesa: a Constituição do Ano III da Revolução; instalação do Directório. l NAPOLEÃO derrota os realistas em Paris. l Fundação da Escola Politécnica de Paris. l Goya pinta A Duquesa de Alba. l Haydn: sinfonia Londres. l Goethe: Wilheim Meister.

1796: NAPOLEÃO comanda o exército francês na Itália e derrota os austríacos e os piemonteses. l A Espanha declara guerra à Inglaterra. l Vacina de Jenner contra a varíola. l Criação da Biblioteca Pública de Lisboa. l Laplace: Exposição do Sistema do Mundo. l Cuvier funda a zoologia comparada. l Em Espanha, a Inquisição confisca Los Caprichos, quadro de Goya. l António Francisco Lisboa, o ALEIJADINHO, é contratado para a execução das estátuas Congonhas do Campo.

1797: Nelson derrota a Invencível Armada espanhola junto ao cabo de S. Vicente. l Em França, Talleyrand é nomeado Ministro dos Negócios Estrangeiros. l Paz de Campo Fórmio: a Áustria e a França definem os respectivos domínios sobre outros povos e nações. l Adams, presidente dos EUA l Lagrange: Teoria das Funções Analíticas.

1798: NAPOLEÃO e a campanha no Egipto. l Nelson derrota a esquadra francesa em Abuquir. l A França anexa Genebra e declara guerra a Nápoles. l Aliança anglo-russa contra a França. l Os espanhóis retiram-se do Haiti, que passa ao domínio francês. l Murdock promove a primeira instalação de gás de iluminação. l Nascimento de Joaquim Lopes, futuro PATRÃO LOPES.   l Senefelder inventa a litografia. l Malthus: Ensaio sobre a População. l Wordsworth e Coleridge: Baladas Líricas.

1799: O Directório é derrubado e NAPOLEÃO é eleito primeiro-cônsul. l Pitt promove a Segunda Coligação contra a França, integrada pelos seguintes países: Inglaterra, Rússia, Áustria, Portugal, Turquia e Nápoles. l A Rússia concede à Companhia Russo-Americana o monopólio do comércio do Alasca. l Morte de Washington. l Nascimento de Balzac. l Laplace: Mecânica Celeste (início). l Novalis: O Cristianismo e a Europa. l David: Rapto das Sabinas.

1800: Campanha de NAPOLEÃO na Itália; vence os austríacos na batalha de Marengo. l Os ingleses ocupam Malta. l União da Inglaterra com a Irlanda. l Os franceses compram a Luisiania aos espanhóis. l Experiência socialista de Owen  l A Rússia, Suécia, Dinamarca e Prússia constituem a Segunda Neutralidade Armada contra o direito de busca dos navios ingleses. l Volta inventa a pilha eléctrica. l Em Washington é criada a Livraria do Congresso. l Schiller: Maria Stuart. l Cuvier: Lições de Anatomia Comparada. l Goya: A Família de Carlos IV. l David: Retrato de Mme. Récamier.

1801: Alexandre I, czar da Rússia. l Jefferson, presidente dos EUA l Toussaint L’Ouverture escreve e promulga uma Constituição no Haiti. l O francês José-Marie Jacquard inventa o tear automático ou de Jacquard. l Bichar: Anatomia Descritiva.

1802: NAPOLEÃO, cônsul vitalício de França. l Os turcos conquistam o Egipto. l Chateaubriand: O Génio dos Cristianismo.

1803: Guerra entre a França e a Inglaterra. l Os cantões suíços readquirem a independência. l A Luisiania é comprada pelos EUA l Morte de Toussaint L’Ouverture no Fort Joux, em França.

1804: NAPOLEÃO, imperador de França. l Promulgação do Código Civil, em França. l No Haiti, os negros proclamam a independência. l Revolta dos sérvios contra os turcos. l A Inglaterra reinicia a guerra marítima. l Guerra turco-persa. l Morte de Kant. l Beethoven: Sinfonia Heróica

1805: Batalhas de Trafalgar e Austerlitz, fim do Sacro Império Romano-Germânico. l Beethoven: Ópera Fidélio.  l JOSÉ FELICIANO DE CASTILHO manda colocar Caixa das Esmolas na entrada do Hospital de Coimbra. l Na Inglaterra, Domingos José Martins e Bolívar freqüentam a mesma loja maçônica.

1806: Os estados alemães fundam a Confederação do Reno, protectorado de Napoleão; este declara o bloqueio continental à Inglaterra. l NAPOLEÃO rompe com Pio VII. l José Bonaparte, rei de Nápoles. l Luís Bonaparte, rei da Holanda. l Sublevação de Miranda, na Venezuela. l Erigida em Paris a Coluna Vendôme.l Morte do pintor Fragonard.

1807: Primeira invasão francesa em Portugal, comandada por Junot; D. João VI e a corte portuguesa mudam-se para o Brasil. l Jerónimo Bonaparte, rei da Westfália. l Os franceses iniciam a ocupação de Espanha. l Na América, Fulton navega pelo Hudson num barco a vapor. l Na América, Fulton navega pelo Hudson num barco a vapor. l Hegel: Fenomenologia.

1808: No Porto, insurreição contra os franceses. l José Bonaparte, rei de Espanha. l Sustentada pelos ingleses, eclode a guerrilha em Espanha contra os franceses. l Guerra austro-inglesa. l Dalton enuncia a teoria atómica. l D. João VI ordena a abertura dos portos do Brasil aos países amigos. l Gay Lussac enuncia a lei dos gases l Beethoven: Quinta Sinfonia. l Goethe: Fausto. l Proudhon: A Justiça e a Vingança em Perseguição do Crime.

1809: Em Portugal, segunda invasão francesa sob o comando de Soult. l Maertternich, ministro da Áustria. l Nascimento de Lincoln. l Nascimento de Darwin. l Lamarck: Filosofia Zoológica.

1810: Em Portugal, terceira invasão francesa sob o comando de Massena; batalha do Buçaco; linhas de Torres Vedras; retirada dos franceses. l BOLÍVAR, com Miranda proclama a independência da Venezuela. l É publicado o Código Penal, em França. l Bohnenberger inventa o giroscópio. l Goya: Os Desastres da Guerra.

1811: l Krupp funda em Essen a fábrica que tem hoje o seu nome.

1812: Campanha de NAPOLEÃO na Rússia. l Emancipação dos judeus da Prússia. l O Canadá divide-se em duas províncias, uma francesa, outra inglesa. l San Martin chega a Buenos Aires. l Byron: Childe Harold l Irmãos Grimm: Contos. l   JOSÉ FELICIANO DE CASTILHO funda o JORNAL DE COIMBRA

1813: Guerrilhas de libertação da Europa. l A Holanda separa-se da França. l Nova Granada (Colômbia) e Paraguai proclamam a independência. l BOLÍVAR, em Caracas, é proclamado "Libertador". l Nascimento de Wagner.

1814: Os ingleses em Bordéus. l Após o desastre da campanha da Rússia, NAPOLEÃO abdica e é mandado para o exílio na ilha de Elba; Luís XVIII (Bourbons) ocupa o trono de França. l A Europa é partilhada no Congresso de Viena. l Pio VII restabelece a Inquisição. l O'Higgins luta pela independência do Chile. l Em Londres é instalada a iluminação a gás. l Morte de António Francisco Lisboa, o ALEIJADINHO. l Nascimento de ANA NÉRI. l Hoffmann: Contos.

1815: O Brasil elevado à condição de reino. l NAPOLEÃO evade-se da ilha de Elba; a sua derrota final na batalha de Waterloo; o seu exílio definitivo em Sta. Helena. l Novo Congresso de Viena; Metternich orienta a nova partilha da Europa e das suas colónias, na qual não se reconhecem povos mas apenas soberanos. l Fundação da «Santa Aliança» da Rússia, Prússia e Áustria, a qual visa repor o direito divino dos soberanos contra os anseios liberais dos povos europeus.

1816: Beresford em Portugal. l A Argentina proclama a independência. l Os portugueses no Uruguai. l Invenção do caleidoscópio l Rossini: O Barbeiro de Sevilha.

1817: Em Portugal, execução de Gomes Freire de Andrade. l San Martin inicia a campanha libertadora do Chile. l Independência da Venezuela l David Ricardo: Princípios de Economia. l Leopardi: Cantos. l Em Pernambuco Domingos José Martins chefia uma revolução e funda uma nova República, independente e sem escravos. Acaba preso e depois é fuzilado.

1818: Bernardotte, rei da Suécia. l Independência do Chile. l Nascimento de Marx.

1819: Os EUA compram a Florida à Espanha. l União de Nova Granada e Venezuela sob o nome de Colômbia. l O exército de libertação de BOLÍVAR atravessa os Andes. l Nascimento da futura Rainha Vitória. l H. C. Oersted descobre o electromagnetismo. l O vapor «Savannah» cruza o Atlântico. l Schopenhauer: O Mundo como Vontade e Representação.

1820: Revolução liberal no Porto e levantamento em Lisboa. l Insurreições liberais em Espanha, Nápoles e Piemonte. l Jorge IV, rei da Inglaterra. l O Equador proclama a independência. l San Martin do Peru. B. Caventou e J. Pelletier descobrem o quinino. l Lamartine: Meditações. l Keats: Contos e Poemas. l W. Scott: Ivanhoe.

1820/1903: Vida de Herbert Spencer.

1821: Fundação do Banco de Lisboa. l Restabelecimento do absolutismo em Nápoles e Piemonte. l Independência do Peru e S. Domingos. l Início da Guerra da Independência grega. l BOLÍVAR proclama a Grã-Colombia. l Morte de NAPOLEÃO na ilha de Santa Helena. l Censo em Portugal: 3 milhões de habitantes.

1822: D. João VI jura a Constituição. l «O grito do Ipiranga», independência do Brasil, D. Pedro I, o imperador, convida José Bonifácio de Andrade e Silva para organizar o primeiro ministério do novo Estado.  l Conferência de Guayaquil, entre San Martin e BOLÍVAR. l Na Bahia, disfarçada de homem, Maria Quitéria alista-se como soldado voluntário das forças independentistas.l Nascimento de Pasteur. l Champollion decifra hieróglifos egípcios. l Charles Babbage inventa a Máquina Analítica. l Schubert: Sinfonia Incompleta. l Fourier: Tratado de Associação Doméstico-Agrícola. l Heine: Poesias.

1823: Em Trás-os-Montes, sublevação do conde de Amarante contra os liberais; a Vilafrancada; desterro de D. Miguel para Viena. l Tratado de paz entre Portugal e Brasil. l Nos EUA doutrina Monroe. l A 2 de Julho, na Bahia, as forças independentistas batem definitivamente as tropas portuguesas comandadas pelo general Madeira de Melo. Maria Quitéria é a mais louvada heroína destas guerras pela independência do Brasil.l Guerra franco-espanhola.

1824: Abrilada, insurreição liderada por D. Miguel. l Carlos X, rei de França. l Na Inglaterra, lei concedendo o direito de greve. l Vitórias de BOLÍVAR em Junin e de Sucre em Ayacucho. l Carnot descobre a segunda lei da termodinâmica. l Beethoven: Nona Sinfonia. l Em França, o pintor inglês John Constable alcança grande sucesso com o quadro A Carroça do Feno. l Delacroix pinta Les massacres de Scio. l FERREIRA DE AGUIAR arma esquema para a fundação das Régias Escolas de Cirurgia de Lisboa e do Porto.

1825: Portugal reconhece a independência do Brasil. l Independência da Bolívia e do Uruguai. l Nicolau I, czar da Rússia. l Primeira linha férrea de Estocolmo a Darlington. l Pushkin: Boris Goudonov. l Casanova: História da Minha Vida.l Garrett: Camões. l Manzoni: Os Noivos.

1826: A Constituição outorgada por D. Pedro IV que abdica em favor da filha, D. Maria. l A Inglaterra reconhece as novas repúblicas sul-americanas. l Rivadavia presidente da Argentina. l Primeiro túnel ferroviário entre Liverpool e Manchester. l BOLÍVAR convoca o Congresso do Panamá. l Mendelssohn: Sonho de uma Noite de Verão. l Cooper: O Último dos Mohicanos. l Garrett: D. Branca l Morte de JOSÉ FELICIANO DE CASTILHO.

1827: Com o apoio da Inglaterra, França e Rússia, a Grécia liberta-se do domínio turco. l Guerra civil em Portugal. l Morte de Beethoven. l Lei de Ohm das correntes eléctricas. l Van Baer descobre o óvulo dos mamíferos.

1828: Regresso de D. Miguel, golpe de estado absolutista; exílio dos liberais. l Independência do Uruguai. l Nascimento de Tolstoi. l Wohler funda a química orgânica.

1829: Braille divulga o sistema de escrita para Cegos. l Começa a difundir-se a locomotiva a vapor. l Balzac começa a escrever A Comédia Humana. l Em Mecejana, Ceará, Brasil, nasce JOSÉ DE ALENCAR, futuro escritor romântico.

1830: Guilherme IV, rei da Inglaterra. l A Bélgica alcança a independência, depois de se libertar dos holandeses. l Luís Filipe I, rei de França. l Independência da Grécia. l A Polónia revolta-se, em vão, contra os russos. l Os franceses ocupam a Argélia. l A Grande Colômbia divide-se em três países: Colômbia, Venezuela e Equador. l Morte de BOLÍVAR. l Berlioz: Sinfonia Fantástica. l Victor Hugo inicia o movimento romântico com o seu romance Hernani. l Comte: Curso de Filosofia Positiva (início). l Stendhal: Vermelho e Negro

1831: Pedro II, imperador do Brasil. l A Bélgica separa-se da Holanda. l Faraday descobre a indução electromagnética. l Faraday descobre a indução electromagnética.l Daumier: primeiras caricaturas. l Victor Hugo: Nossa Senhora de Paris.

1832: D. Pedro assume a regência em Portugal; as tropas liberais desembarcam no Mindelo. l Mickiewicz: Os Peregrinos Polacos.

1833: D. Pedro desembarca em Lisboa. l Isabel II, rainha de Espanha. l Surge a primeira máquina de escrever moderna. l Domingos Bontempo é nomeado professor de Música da rainha D. Maria II. l Michelet: História de França. l Goethe: segundo Fausto. l Balzac: Tio Goriot e Eugénia Grandet.

1834: D. Miguel de Portugal assina a paz de Évora Monte; triunfo do liberalismo. l Morte de D. Pedro e início do reinado de D. Maria. l Schumann: Carnaval. l Lamennais: Palavras de um Crente.

1835: Fernando IV, imperador da Áustria. l Fundação da Agência Noticiosa Havas. l Fundação do New York Herald. l Gogol: Almas Mortas. l Donizetti: Lucia de Lammermoor. l Tocqueville: Sobre a democracia na América.

1835/1910: Vida de Mark Twain.

1836: Texas independente do México. l Liga Comunista constituída em Paris. l Herculano: A Voz do Profeta.

1837: Vitória, rainha de Inglaterra; expansão do Império Britânico. l Os ingleses Wheatstone e William Cook patenteiam o primeiro telégrafo eléctrico; o norte americano Samuel Morse pateia igualmente um. l Thomas Carlyle: French Revolution. l Charles Dickens: Oliver Twist.

1838: Os ingleses em Aden. l A América Central cinde-se em cinco pequenos países: El Salvador, Honduras, Nicarágua, Costa Rica e Guatemala. l Victor Hugo: Gil Blas.

1839: Início da guerra do ópio, na China. l Nascimento de Cézanne. l Invenção fotográfica de Daguerre. l Chopin: Prelúdios. l Hebbel: Judith. l Lermontov: Um Herói do Nosso Tempo. l Stendhal: A Cartuxa de Parma. l Nascimento de MACHADO DE ASSIS.

1840: Em Espanha, primeira guerra carlista. l Frederico Guilherme IV, rei da Prússia. l Governo parlamentar no Canadá l Proudhon: O que é a Propriedade ?

1841: A Nova Zelândia é proclamada colónia inglesa. l Nascimento de Stanley. l Invenção da bateria de carbono e zinco l Feuerbach: A Essência do Cristianismo. l Balzac  assina contrato para a edição de A Comédia Humana.

1842: Fim da guerra do ópio; Hong-Kong sob domínio inglês. l Traçada a fronteira entre o Canadá e os EUA l O éter como anestésico. l Nascimento de Antero de Quental em Ponta Delgada.l ALEXANDRE HERCULANO lança o romance Eurico, o Presbítero.

1843: Natal, colónia inglesa. l Morre o poeta alemão Friedrich Hölderlin l Almeida Garrett: Frei Luís de Sousa.

1844: Guerra entre a França e Marrocos. l Primeira mensagem de Morse. l Fundação da primeira cooperativa de consumo em Rochdale, na Inglaterra. l Nascimento de Nietzsche. l Kierkegaard: O Conceito de Angústia. l Dumas: Os Três Mosqueteiros.

1845: Guerra entre os EUA e o México; Texas, estado americano. l Grande fome na Irlanda. l Richard Hoe inventa a primeira impressora rotativa. l Humboldt: Cosmos. l Poe: O Corvo. l Lewis Carrol: Alice no País das Maravilhas.l F. Engels: A situação da classe trabalhadora em Inglaterra. l Nascimento de EÇA DE QUEIRÓS.

1846: Em Portugal, revolta popular da Maria da Fonte; a Patuleia. l A Áustria ocupa Cracóvia. l Galle observa o planeta Neptuno previsto pelos cálculos de Le Verrier. l Nascimento de RAFAEL BORDALO PINHEIRO. l Proudhon: Sistema das Contradições Económicas. l Alexandre Herculano: História de Portugal.

1847: Libéria, república independente. l Corrida ao ouro na Califórnia. l Em Espanha, segunda guerra carlista. l A França completa a conquista da Argélia. l Nascimento de CASTRO ALVES. l Nascimento de CHIQUINHA GONZAGA. l O norte-americano M. F. Maury publica as primeiras Cartas dos Ventos e das Marés. l Bronté: Jane Eyre. l Nascimento de SOARES DOS REIS.

1848: Luís Napoleão Bonaparte, presidente da República Francesa. l Francisco José I, imperador. l A Suiça converte-se em estado federal. l Disraeli, líder do Partido Conservador inglês. l Fim da guerra entre os EUA e o México: Texas, Novo México e Califórnia incorporam-se nos EUA l Marx e Engels: Manifesto Comunista. l Thackeray: Feira de Vaidades.

1849: Victor Manuel II, rei de Piemonte. l Gorada a unificação da Alemanha. l Em Portugal, Costa Cabral regressa ao poder. l Em Lisboa, inauguração do Teatro Nacional. l Balzac é recusado na Academia de Letras Francesa. l Charles Dickens: David Coperfield.

1850: Paz de Berlim. l Data aproximada de nascimento de NGUNGUNHANE. l Inicia-se a era Mei-Ji no Japão. l Morte de Balzac. l H. Spencer funda a sociologia. l Nascimento de CESÁRIO VERDE.

1851: Luís Napoleão, de presidente da República a imperador de França. l Bismarck é nomeado representante da Prússia na Dieta. l Em Londres, 1ª. Exposição Universal. l Colocação, sob o Canal da mancha, do primeiro cabo telegráfico subaquático. l O alemão Paul Julius funda a agência Reuter. l Singer inventa a máquina de costura. l Melville: Moby Dick. l Labiche: Um Chapéu de Palha de Itália. l Verdi: Rigoletto. l Comte: Sistema de Política Positiva (início). Alexandre Herculano começa a publicar Lendas e Narrativas

1852: Em Portugal, a primeira greve (dos tipógrafos). l Napoleão III, imperador. l Fundação da república do Transval. l Em Lisboa, fundação do Instituto Industrial. l Dumas: A Dama das Camélias.

1853: Na Crimeia, o czar Nicolau I em guerra com os turcos. l Nascimento de Van Gogh. l Invenção da Aspirina. l Gobineau defende o racismo: Ensaio sobre a Desigualdade das Raças. l Liszt: Rapsódias Húngaras. l Provavelmente neste ano, nas imediações de Salvador, morre Maria Quitéria, heroína das guerras pela independência do Brasil. l Nascimento de JOSÉ DO PATROCÍNIO.

1854: A Inglaterra e a França intervêm na guerra da Crimeia. l Primeiros tratados comerciais entre o Japão e o Ocidente. l Proclamado o dogma da Imaculada Conceição.

1855: D. Pedro V, rei de Portugal. l Alexandre II, czar da Rússia. l Livingston descobre as cataratas de Vitória. l Walt Whitman: Folhas de Erva. l Burckhardt: Cicerone.

1856: l Fim da guerra da Crimeia; Alexandre II, czar da Rússia. l Lisboa-Carregado, primeira linha férrea portuguesa. l Flaubert: Madame Bovary. l Camilo Castelo Branco: Onde Está a Felicidade ? l Richard Burton parte em busca da nascente do Nilo. l O PATRÃO LOPES socorre a Howard Primrose, escuna inglesa.

1857: Exposição industrial no Porto. l Baudelaire: As Flores do Mal. l JOSÉ DE ALENCAR: romance O Guarani.

1858: A Rússia liberta os servos do domínio imperial. l A China é forçada a abrir vários portos às potências ocidentais. l A França inicia a ocupação da Cochinchina. l Guerra civil no México, Juarez presidente. l Aparições de Lourdes.

1859: A Roménia converte-se em estado. l Inicia-se a construção do Canal de Suez. l Primeira extracção de petróleo nos EUA l George Boole inventa o cálculo binário, base do futuro cálculo electrónico e da informática. l Darwin: A Origem das Espécies. l Marx: Contribuição à Crítica da Economia Política.

1860: Garibaldi proclama Vitor Manuel rei da Itália. l Exércitos franceses e ingleses ocupam Pequim. l Lincoln é eleito presidente dos EUA l Cavour leva a cabo a anexação da Itália Central e põe fim à conquista das Duas Sicílias, por Garibaldi.l São descobertas as nascentes do Nilo. l Elliot: O Moinho à beira do Rio.

1861: Guilherme I, rei da Prússia. l D. Luís, rei de Portugal; a expansão africana com Serpa Pinto, Capelo e Ivens. l Início da Guerra da Secessão, nos EUA l Nightingale dirige a primeira escola de enfermagem, em Londres. l Nascimento de CRUZ E SOUSA.

1862: Lincoln proclama a libertação dos escravos. l Bismarck, primeiro ministro da Prússia. l Garibaldi falha a marcha sobre Roma. l Os franceses ocupam a Cochinchina. l Nascimento de Debussy. l Leroy inventa a primeira máquina de impressão de 3 cores em simultâneo. l Vitor Hugo: Os Miseráveis. l Turgueniev: Pais e Filhos. l Camilo Castelo Branco: Amor de Perdição. l  Antero de Quental: Odes Modernas

1863:
Cristiano IX, rei da Dinamarca.
l Jorge I, rei a Grécia. l Nasce D. CARLOS, futuro monarca de Portugal. l O Cambodja é convertido em protectorado francês. l Pasteur desenvolve o processo que terá o nome de pasteurização. l Renan: Vida de Jesus. l Proudhon: O Princípio Federativo. l Ibsen: Os Pretendentesl Rosalía de Castro publica Cantares Gallegos.

1864: Abraham Lincoln é reeleito presidente. l O arquiduque Maximiliano da Áustria, imperador do México. l Início da guerra do Paraguai. l Fundação da Cruz Vermelha internacional. l Pasteur demonstra a impossibilidade da geração espontânea. l Goncourt: Renata Mauperin. l Fundação do Diário de Notícias, em Lisboa.

1865: Fim da Guerra de Secessão nos EUA; assassinato de Lincoln l Tripla Aliança do Brasil, Uruguai e Argentina contra o Paraguai. l Nascimento de CÂNDIDO RONDON. l No Porto é inaugurado o Palácio de Cristal. l ANA NÉRI é a primeira enfermeira voluntária na Guerra do Paraguai. l Wagner: Tristão e Isolda. l Broca: Investigações e Observações Antropológicas. l Sully-Prudhomme: Poemas. l Antero de Quental: Odes Modernas. l JOSÉ DE ALENCAR: romance Iracema. l Questão do Bom Senso e Bom Gosto – Carta de Antero de Quental a António Feliciano Castilho.

1865/69: Tolstoi: Guerra e Paz.

1869: O DUQUE DE CAXIAS conquista Assunção, a capital do Paraguai.

1866: Em Espanha, tentativa revolucionária de Prim. l Implantação do primeiro cabo telegráfico transatlântico. l Nobel inventa a dinamite. l Nascimento de EUCLIDES DA CUNHA. l Mendel, leis da hereditariedade: Experiências com Híbridos. l Dostoievski: Crime e Castigo.

1866/67: Marx em Genebra, 1ª Internacional; 1º volume de O Capital.

1867: No México, Maximiliano é fuzilado. l Francisco José, imperador da Áustria e da Hungria. l Garibaldi volta a fracassar numa segunda marcha sobre Roma. l Os EUA compram o Alasca à Rússia. l Mutsu Hito, imperador; o Japão volta a abrir-se ao Ocidente. l Nascimento de Marie Curie. l O fabricante Philo Remington comercializa em larga escala a máquina de escrever. l Morte do pintor Ingres. l A Ferreirinha comanda a luta contra a praga da filoxera (pulgão que mata as vinhas).

1868: Revolução em Espanha, Isabel em fuga, Prim ditador. l Sarmiento, presidente da Argentina. l Queda do Negus da Abissínia, furo jornalístico de Stanley. l Bakunine adere à 1ª. Internacional. l Lautréamont: Os Cantos de Moldoror. l Júlio Dinis: A Morgadinha dos Canaviais. l  CASTRO ALVES: O Navio Negreiro.

1869: Tóquio, nova capital do Japão. l Início do Concílio Vaticano. l Nascimento de Gandhi. l Inauguração do Canal do Suez. l Westinghouse inventa o travão de ar comprimido para aplicar aos comboios. l Nos EUA, primeira linha férrea transcontinental. l Mège-Mouriès inventa a margarina. l Mendeleyev: Tabela Periódica dos Elementos. l Zola: Rougon-Macquart. l Verlaine: Festas Galantes. l Por iniciativa do Visconde de Lesseps é inaugurado o Canal de Suez.

1870: Em Portugal, golpe de Estado, de Saldanha. l Assassinato de Prim, em Espanha. l Guerra franco-prussiana; os franceses derrotados em Sédan; revolução em Paris; queda de Napoleão III. l Estabelecido o dogma da infalibilidade papal. l Schliemann inicia as escavações de Tróia. l Carlos Gomes: ópera O Guarani. l CASTRO ALVES: Espumas Flutuantes. l EÇA DE QUEIRÓS e Ramalho Ortigão: O Mistério da Estrada de Sintra. lBaseando-se no romance de José de Alencar, o compositor brasileiro Carlos Gomes apresenta a ópera O Guarani no Scala de Milão.l CUNHA BELÉM é eleito Grande Secretário das Relações Externas da Maçonaria Portuguesa.

1871: Queda de Paris. l Guilherme I coroado imperador da Alemanha, em Versailles. l Bismarck constrói o novo império alemão, a Alsácia e a Lorena passam para os alemães. l A Comuna de Paris, apoiada por Marx, embora com reticências. l Esmagamento da Comuna de Paris. l Com Thiers, nova República, em França. l Roma, capital da Itália. l Conferências Democráticas no Casino Lisbonense. l Morte de CASTRO ALVES.l Bécquer: Rimas. l SOARES DOS REIS executa O Desterrado. l Conferências Democráticas no Casino Lisbonense com a participação de Antero de Quental e Eça de Queirós.

1872: Guerra carlista, em Espanha. l A Rainha Vitória inaugura o Albert Hall. l Nasce OSVALDO CRUZ. l Stanley: Como Encontrei Livingstone, best-seller. l Darwin: A Origem do Homem. l Nietzsche: A Origem da Tragédia. l Hernandez: Martin Fierro. l H. C. Anderson alcança um total de 156 Contos publicados.

1873: A república em Espanha. l Crise financeira na Europa e na América. l Maxwell: Tratado de Electricidade e Magnetismo. l Spencer: Sociologia Descritiva. l Cézanne: Homem com Chapéu de Palha. l Renan: O Anticristo. l Tolstoi: Inicia Ana Karenina. l Júlio Verne: Volta ao mundo em 80 dias. l Nascimento de Alberto SANTOS-DUMONT. l No Brasil, o bispo de Olinda interdita a Igreja Católica aos membros da Maçonaria.

1874: Golpe de Estado: Afonso XII, rei de Espanha. l Fundação da União Postal Universal. l Nascimento de EGAS MONIZ l Nascimento de CHURCHILL. l Nascimento de Schoenberg. l Fundação da Sociedade de Geografia, em Lisboa. l I Exposição Colectiva dos Impressionistas, em Paris. l Monet: Dia de Verão l Rimbaud: Iluminações. l Grieg: Peer Gynt. l Mussorgski: Boris Goudonov. l Eça de Queiroz: O Crime do Padre Amaro. l GUILHERME DE AZEVEDO: Alma Nova.

1875: Sublevação na Bósnia-Herzegovina. l RAFAEL BORDALO PINHEIRO cria a figura do “Zé Povinho”. l Nasce MACHADO SANTOS. l Bizet: Carmen. l Eça de Queirós: O Crime do Padre Amaro. l José de Alencar: O Sertanejo. l Novelas do Minho de Camilo Castelo Branco

1876: A Rainha Vitória imperatriz da Índia. l Em Portugal, primeiro directório do Partido Republicano. l Fim da guerra carlista, em Espanha. l Revolução na Turquia: Abdu-ul-Hamid, sultão. l Bell inventa o telefone e Edison o fonógrafo. l Otto inventa o motor de explosão a 4 tempos. l Wagner: O Anel dos Nibelungos. l Mallarmé: L'Après Midi d'un Faune. l No Teatro Ginásio (Lisboa) é encenada a peça O PEDREIRO LIVRE de CUNHA BELÉM.

1877: Primeiro congresso socialista português. l Serpa Pinto e Roberto Ivens iniciam a travessia de África de Angola a Moçambique. l Anexação do Transval pela Inglaterra. l Nos Balcãs, guerra entre a Rússia e a Turquia. l No Rio de Janeiro, morte do escritor JOSÉ DE ALENCAR. l Brahms: Primeira Sinfonia. l Sant-Saens: Sansão e Dalila.

1878: Nos Balcãs, fim da guerra entre a Rússia e a Turquia; Congresso de Berlim; a grande partilha: Roménia, Sérvia e Montenegro, estados independentes; Bulgária, tributária dos turcos; Chipre para os ingleses; Bosnia-Herzegovina administrada pelos austríacos. l Humberto I, rei de Itália; insucesso dos italianos na Etiópia. l Booth funda o Exército da Salvação. l Hughes inventa o microfone. l Edison inventa a lâmpada incandescente. l Nietzsche: Humano, Demasiado Humano. l EÇA DE QUEIRÓS: O Primo Basílio.

1879: Guerra do Pacífico: Chile contra o Peru e a Bolívia. l Guerra austro-alemã. l Nascimento de Einstein. l Nascimento de Estaline. l Edison inventa a lâmpada eléctrica. l JOSÉ DO PATROCÍNIO inicia a campanha pela abolição da escravatura. l Oliveira Martins funda, em Lisboa, o Clube Republicano e escreve a História da Civilização Ibérica. l Em Lisboa, é publicado o primeiro número de A Voz do Operário. l Pablo Iglesias funda, clandestinamente, o Partido Socialista Operário Espanhol. l Ibsen: Casa de Bonecas. l MACHADO DE ASSIS: Memórias Póstumas de Brás Cubas. l EÇA DE QUEIRÓS: O Conde de Abranhos.

1880: A França ocupa o Taiti. l Buenos Aires, capital da Argentina. l Transval declara-se independente. l Concluída a construção do túnel de S. Gotardo. l Electrificação das ruas de Nova Iorque. l Em Portugal é comemorado o tricentenário da morte de Camões. l Nascimento de REYNALDO DOS SANTOS. l Morte de ANA NÉRI.  l EÇA DE QUEIRÓS: O Mandarim l Taine: Filosofia da Arte. l Dostoievski: Os Irmãos Karamazov. l CESÁRIO VERDE publica O Sentimento dum Ocidental.

1881: Alexandre III, czar da Rússia. l Guerra no Egipto, revolta do Sudão, intervenção britânica. l Tunes, protectorado francês. l Independência dos boers sob supremacia britânica. l Nascimento de Picasso. l Início da construção do Canal do Panamá. l Tchaikovski: 1812. l Fundação do jornal O Século. l Ibsen: Espectros l Machado de Assis: Memórias Póstumas de Brás Cubas. l Borodine: O Príncipe Igor. l Offenbach: Contos de Hoffmann. l Oliveira Martins: Portugal Contemporâneo.

1882: Tripla Aliança da Áustria, Alemanha e Itália. l A Inglaterra ocupa o Egipto. l Fundada a colónia italiana da Eritreia. l Nos EUA primeira lei de restrição à emigração. l Morte de Darwin. l Nascimento de MONTEIRO LOBATO. l Nascimento de Roosevelt. l Nascimento de Stravinski. l Nascimento de James Joyce. l Daimler constrói o motor a gasolina. l Koch descobre o bacilo da tuberculose. l Charcot inaugura a sua cátedra na Salpetrière. l  Clarín, em Madrid, volta a ocupar a cátedra de Direito. l GUILHERME DE AZEVEDO morre em Paris

1883: Annam e Tonkin, protectorados franceses. l A França ocupa Madagáscar. l Morte de Wagner. l Morte de Marx. l Chardonnet inventa o rayon, primeira fibra sintética do mundo. l Morre Gustave Doré, desenhador e gravador francês.l Maupassant: Uma Vida. l Villiers de l'Isle Adam: Contos Cruéis. l Nietzsche: Assim falou Zaratustra.

1884: Fundação da Guiné britânica. l Fundação da colónia alemã do sudoeste africano (Namíbia). l Início da conferência de Berlim, na qual se discute a partilha da África pelas potências europeias; a Alemanha coloniza o sudoeste africano. l A luta por Annam desencadeia a guerra franco-chinesa. l O exército chileno retira-se do Peru. l Na Inglaterra, fundação da sociedade fabiana. l Nascimento do poeta AUGUSTO DOS ANJOS.l F. Engels: A Origem da Família, da Propriedade e do Estado.

1885: Término da conferência colonial de Berlim. l Os ingleses fundam a Nigéria. l Criação do estado do Congo. l Paz franco-chinesa. l Acordo sino-japonês sobre a Coreia. l Afonso XIII, rei de Espanha, sob a regência de Maria Cristina. l Guerra servo-búlgara. l Pasteur descobre e aplica a vacina anti-rábica num ser humano. l Weismann avança a teoria do plasma germinativo. l Freud funda a Psicanálise. l O alemão Benz constrói um automóvel a gasolina. l Nascimento de SOUSA MENDES. l No Rio de Janeiro o funeral da mãe de JOSÉ DO PATROCÍNIO converte-se num grandioso comício pró abolição da escravatura. l Van Gogh: Os Comedores de Batatas. l Nietzsche: Além do Bem e do Mal. l Zola: Germinal. l Mark Twain: As Aventuras de Hucleberry Finn. l Guerra Junqueiro: A Velhice do Padre Eterno. l Nasce AQUILINO RIBEIRO

1886: Os portuguesas idealizam, em África, o mapa cor-de-rosa, de costa a costa. l Paz servo-búlgara. l D. CARLOS de Portugal casa com Amélia de Orleans, princesa francesa. l Descoberta de ouro no Transval. l Invenção do linótipo. l Sob a forma de um xarope, é inventada a fórmula que posteriormente dará origem à coca-cola. l Morte de CESÁRIO VERDE.l Stevenson: O Estranho Caso do Dr.Jeikyl e o Sr. Hyde. l Antero de Quental: Sonetos.l Em Recife, Pernambuco, nasce MANUEL BANDEIRA  l LUÍS II DE WITTELSBACH é preso e deposto

1887: Fundação da Rodésia. l Primeira conferência imperial britânica das colónias autónomas. l Berliner inventa o gramofone e o disco. l A. Waller realiza o primeiro electrocardiograma humano. l SOARES DOS REIS executa a estátua de D. AFONSO HENRIQUES. l EÇA DE QUEIRÓS: A Relíquia. l No Rio de Janeiro, nasce HEITOR VILLA-LOBOS. l Silva Pinto edita O LIVRO DE CESÁRIO VERDE.

1888: Guilherme II, «kaiser» da Alemanha. l Abolição da escravatura no Brasil. l Nascimento de FERNANDO PESSOA. l Hertz demonstra a existência de ondas electromagnéticas. l Eastman inventa a máquina fotográfica Kodak. l Van Gogh: Auto-Retrato; Os Girassóis. l Strindeberg: Senhorita Júlia. l EÇA DE QUEIRÓS: Os Maias.

1889: Em Paris, a eleição de Boulanger e, no mesmo ano, a sua fuga. l Em Paris, é aberta a Exposição Internacional. l No Brasil é proclamada a República. l Congresso socialista em Paris, fundação da 2ª. Internacional. l Em Washington, 1ª.Conferência Pan-americana. l Em Portugal, início do reinado de D. CARLOS. l Mutsu-Hito promulga a constituição no Japão. l Nascimento de HITLER, na Áustria. l Brown Sequard descobre a função das glândulas de secreção interna. l Kossel investiga os núcleos celulares. l Construção da Torre Eiffel. l Nascimento de SALAZAR. l Suicídio de SOARES DOS REIS. l Nascimento de ABEL SALAZAR. l Durkheim: Elementos de Sociologia. l Yeats: As Peregrinações de Oisin. l Tchekov: A Gaivota l EÇA DE QUEIRÓS: A Correspondência de Fradique Mendes. l CHIQUINHA GONZAGA compõe a famosa marcha carnavalesca Ó abre alas... l FIALHO DE ALMEIDA publica o primeiro panfleto de Os Gatos

1890: A propósito da partilha de África, ultimato da Grã-Bretanha a Portugal. l Rebelião dos tsongas na região de Lourenço Marques. l Luxemburgo, grão-ducado independente. l O Primeiro de Maio é pela primeira vez celebrado internacionalmente como Festa do Trabalho. l Guilhermina, rainha da Holanda. l Queda de Bismarck. l Criação da União Pan-americana. l Morte de Van Gogh. l Morre o PATRÃO LOPES. l Nascimento de De Gaulle. l Behring descobre a vacina anti diftérica. l Cézanne: Os Jogadores de Cartas. l Franck: Sinfonia em Ré Menor. l Fauré: Cinco Melodias l James: Princípios de Psicologia. l Oscar Wilde: O Retrato de Dorian Gray. l Knut Hamsun: Fome. l Publicação dos Poemas (póstumos) de Dickinson.

1891: No Porto, revolta do 31 de Janeiro. l No Brasil, Deodoro da Fonseca é eleito Presidente da República. l Encíclica Rerum Novarum de Leão XIII. l A Rússia inicia a construção da linha férrea transiberiana. l Para a Inglaterra, Rhodes inicia a conquista do Niassalândia e do país que será a Rodésia. l Rui Barbosa e a Constituição democrática do Brasil. l Ibsen: Hedda Gabler. l Cézanne: Retrato da Minha Esposa. l Oliveira Martins: Os Filhos de D. João I. l Em Ponta Delgada, suicídio de Antero de Quental.

1892: No Pamir, guerra russo-afegã l Em Cuba, José Marti funda o partido revolucionário. l Nascimento de GRACILIANO RAMOS l Em Lisboa, Câmara Pestana cria o Instituto Bacteriológico.l Oliveira Martins: A Inglaterra Hoje. l António Nobre: Só. l Hauptmann: a peça Os Tecelões.

1893: A França e a Inglaterra repartem o Sião. l É fundado o Partido Trabalhista britânico. l Revolução federalista no Rio Grande do Sul, Brasil. l Uganda, colónia inglesa. l As ilhas do Havaí, protectorados dos EUA. l Nascimento de ALMADA NEGREIROS. l Nascimento de Mao Tsé Tung l Rudolf Diesel constrói o primeiro motor diesel. l Verdi: Falstaff. l Verlaine: Elegias. l CRUZ E SOUSA publica Missal (poemas em prosa) e Broquéis (poemas). 

1894: Nicolau II, czar da Rússia. l A Itália invade a Abissínia. l O caso Dreyfus, em França. l Guerra sino-japonesa. l Nascimento de Norbert Wiener. l Após o fracasso do Home Rule e em plena crise económica, Gladstone retira-se para a vida privada.l Debussy: Prélude à L'Après Midi d'Un Faune. l Dvorak: Sinfonia do Novo Mundo. l Kipling: O Livro da Selva. l Nascimento de FLORBELA ESPANCA.l BRITO CAMACHO é um dos fundadores de O INTRANSIGENTE, jornal republicano.

1895: Intervenção das potências ocidentais na guerra sino-japonesa; a China renuncia à soberania sobre a Coreia; a Ilha Formosa passa para o Japão. l José Marti lidera, em Cuba, sublevação contra a Espanha; morte de Marti. l Mouzinho de Albuquerque aprisiona NGUNGUNHANE em Chaimite, a aldeia sagrada dos ngunis. l Morte de Pasteur. l Nascimento de Peron. l Fundada, em França, a CGT. l Expedição de Nansen às regiões polares. l Roentgen descobre os raios X. l Em Paris, os irmãos Lumière apresentam o cinematógrafo.

1896: Depois da derrota em Adua, a Itália faz a paz com a Abissínia. l No Brasil, um movimento messiânico liderado por António Conselheiro, ganha apoios e desafia o governo. l A Inglaterra inicia a conquista do Sudão. l Insurreição independentista nas Filipinas. l NGUNGUNHANE chega à ilha Terceira, Açores, onde fica desterrado até à morte l Bacquerel descobre a radioactividade. l Hertzl: escreve O Estado Judaico e fomenta o movimento sionista. l Bartholdi levanta a Estátua da Liberdade, em Nova Iorque. l Em Detroit, é construído o primeiro automóvel Ford. l Primeiros jogos Olímpicos na era moderna, em Atenas. l São criados os prémio Nobel. l Mallarmé: Divagações.

1897: Em Portugal surge a Carbonária. l Marconi inventa a TSF (Telefonia sem Fios). l Rebelião em Cuba. l Guerra entre a Turquia e a Grécia. l Corrida ao ouro no Klondyke (Alasca). l Theodor Hertzl organiza a Conferência Sionista. l Gide: Les Nourritures Terrestres. l Rostand: Cirano de Bergerac. l CRUZ E SOUSA escreve Evocações (poemas em prosa).

1898: Guerra hispano-americana, conquistas dos EUA; Filipinas, Guam, Porto Rico em poder dos EUA; Cuba independente. l Os EUA anexam o Havaí l D'Anunzio: O Fogo. l Tuberculoso, morre CRUZ E SOUSA .

1899: No Porto, vitória eleitoral republicana. l A Guerra dos Boers na África do Sul. l Acordos anglo-francês e luso-britânico para a partilha da África. l A Alemanha, a Inglaterra e os EUA repartem as ilhas oceânicas. l Gravação magnética do som. l Pierre e Marie Curie descobrem o rádio l Nascimento do poeta ANTÓNIO ALEIXO. l Ravel: Pavana para uma Infanta Defunta. l Schoenberg: Noite Transfigurada. l MACHADO DE ASSIS: Dom Casmurro.

1900: Vítor Manuel III, rei da Itália. l Guerra dos boxers, na China; intervenção das potências ocidentais; Sun-Yat-Sen funda o partido socialista revolucionário chinês. l Humberto I da Itália é assassinado pelo anarquista Bresci. l Morte de Nietzsche. l Zeppelin constrói o seu primeiro dirigível. l Em Paris, Exposição Universal. l Planck avança a teoria dos quanta.  l Pio Baroja: Vidas Sombrias. l Freud: Interpretação dos Sonhos. l Husserl: Investigações Lógicas. l Gauguin: Noa-Noa. l Cézanne: Natureza Morta com Cebolas. l EÇA DE QUEIRÓS: A Ilustre Casa de Ramires; em 16 de Agosto morre em Paris.

1901: Morte da Rainha Vitória; Eduardo VII, rei da Inglaterra. l Paz de Pequim entre a China e as potências ocidentais. l Criação dos prémios Nobel. l De Vries avança a teoria das mutações. l Com um dirigível, SANTOS-DUMONT circunda a Torre Eiffel. l Nascimento de BENTO DE JESUS CARAÇA em Vila Viçosa. l Nascimento de CECÍLIA MEIRELES. l Shaw: Três Peças para Puritanos. l Eça de Queiroz: A Cidade e as Serras.

1902: Os boers vencidos pelos ingleses. l Os EUA compram a Sociedade do Canal do Panamá. l Nascimento de CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE. l Poincaré: A Ciência e a Hipótese. l Sombart: O Capitalismo Moderno. l Picasso: Nu de costasl EUCLIDES DA CUNHA: Os Sertões.

1903: Pedro I, rei da Sérvia. l O Panamá separa-se da Colômbia. l Nascimento de CÂNDIDO PORTINARI. l OsValdo Cruz toma posse como director da Saúde Pública; sem contemplações, políticas ou outras, forma e assume a liderança da equipa sanitária que irá erradicar as doenças que dizimam a população brasileira: febre amarela, varíola e peste bubónica. l Morte de Leão XIII, Pio X, Papa. l Irmãos Wright, o voo do mais pesado que o ar. l Primeiros táxis motorizados, em Londres. l É celebrado o Tratado de Petrópolis que põe termo às disputas entre o Brasil e a Bolívia pela posse das terras actualmente integradas no estado de Acre. l Na Rússia, dá-se a divisão do Partido Social-Democrata entre bolcheviques e mencheviques. l Nascimento de PEDRO NAVA em Juiz de Fora, Estado de Minas Gerais, Brasil.

1904: A França corta relações com a Santa Sé. l Guerra russo-japonesa. l O Japão ocupa a Coreia. l Os franceses ocupam Marrocos. l Morte de Stanley. l Elster inventa a célula fotoeléctrica.  l D. CARLOS de Portugal inaugura o caminho de ferro de Santarém a Vendas Novas. l Em Lisboa, a primeira sala de cinema: o Salão Ideal. l G. Puccini: Madame Butterfly. l V. Lenine: Duas Tácticas. l Jack London: O Lobo do Mar. MACHADO DE ASSIS: Esaú e Jacó.

1905: Queda de Porto Arthur. l Paz entre a Rússia e o Japão. l Greves revolucionárias na Rússia; chacina de operários; revolta da tripulação do couraçado Potemkine; liderança de Lenine. l Suécia e Noruega separam-se; Haakon VII, rei da Noruega. l Einstein formula a Teoria da Relatividade Restrita. l Morte de RAFAEL BORDALO PINHEIRO. l A. Gaudí: Casa Milà, em Barcelona. l Nascimento de ISMAEL SILVA, o futuro “professor de samba”. l Matisse encabeça o movimento Fauvista. l Morte de JOSÉ DO PATROCÍNIO. l Freud: Teoria da Sexualidade. l Romain Rolland: Jean Cristophe (início).

1906: D. CARLOS de Portugal permite e apoia a ditadura de João Franco que dissolverá o Parlamento em Abril de 1907. l Nos Açores, morte de NGUNGUNHANE. l É assinado o Convénio de Taubaté, entre os governos de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro. O acordo visa regulamentar o mercado cafeeiro. Afonso Pena assume a presidência da República. l Em França, revisão do processo Dreyfus. l Censo da população em Londres: 4,5 milhões de habitantes. l Estaline é eleito membro do Comité Central bolchevique. l Morte de Cézanne. l Morte de Pierre Curie. l SANTOS-DUMONT em Paris: primeiro voo público homologado em aparelho mais pesado que o ar. l Modelo atómico de Rutherford. l REYNALDO DOS SANTOS: tese de doutoramento sobre "Aspectos cirúrgicos das pancreatites crónicas". l Maria Montessori, em Roma, funda a «Casa dos Pequenos». l Raul Brandão: Os Pobres. l Em 17 de Dezembro nasce em Tomar FERNANDO LOPES-GRAÇA. l Nascimento de HUMBERTO DELGADO. l BRITO CAMACHO é um dos fundadores do jornal republicano A LUCTA.

1907: Acordo russo-japonês sobre a China. l Lenine deixa a Rússia. l Em Berlim, Osvaldo Cruz obtém a medalha de ouro do XV Congresso Internacional de Higiene e Demografia.l Greve académica em Coimbra. l Dalen inventa as válvulas solares. l Pavlov faz estudos sobre os reflexos condicionados. l D. CARLOS de Portugal recebe um prémio de Oceonografia, na Itália. l Picasso: As Meninas de Avinhão. l Bergson: A Evolução Criadora. l Gorki: A Mãe. l Albeniz: Ibéria. l CARLOS FRANÇA é co-fundador da Sociedade Portuguesa das Ciências Naturais.

1908: Em Portugal, regicídio de D. CARLOS e do príncipe herdeiro. l A Holanda conclui a colonização da Indonésia. l Revolução do «jovens turcos». l Francisco José, imperador da Áustria e rei da Hungria, anexa a Bósnia-Herzegovina. l A Bulgária converte-se em reino. l Criação do Congo Belga. l Primeira linha de montagem do mundo, para produção do automóvel modelo T, da Ford. l M. Chagall: Nu Vermelho. l Sorel: Reflexões Sobre a Violência. l MACHADO DE ASSIS: Memorial de Aires; o escritor morre no mesmo ano. l  Nasce em Lisboa MARIA HELENA VIEIRA DA SILVA.

1909: Alberto I, rei da Bélgica. l Agitação socialista na Espanha. l No Brasil, a "Campanha Civilista" apresenta Rui Barbosa como candidato à presidência da Repúbica. l Vitória dos «jovens turcos»; Mohamed V, sultão da Turquia. l Clemenceau, Briand, Poincaré: instabilidade governativa na França. l Peary chega ao Pólo Norte. l T. H. Morgan inicia investigações na genética. l O francês Louis Blériot realiza a primeira travessia aérea do Canal da Mancha. l Manifesto futurista de Marinetti. l Morte de EUCLIDES DA CUNHA. l G. Mahler: Sinfonia nº 9. l Teixeira Gomes: Gente Singular.

1910: Revolução do 5 de Outubro e proclamação da República portuguesa; MACHADO SANTOS é o grande herói da revolução; governo provisório presidido por Teófilo Braga. l No Brasil, uma agitada campanha eleitoral culminará com a eleição do marechal Hermes da Fonseca. l Revolta dos marinheiros no Rio de Janeiro contra os castigos corporais na Armada, conhecida como «Revolta da Chibata». l Nascimento de ADONIRAN BARBOSA l RONDON é nomeado 1º director do Serviço de Protecção aos Índios. l Reconhecido, pela primeira vez em Portugal, o direito à greve. l Jorge V, rei da Inglaterra; início da revolta irlandesa. l A Coreia é anexada pelo Japão. l A União Sul-africana converte-se em domínio britânico. l Morte de Tolstoi. l Escavações arqueológicas de A. Evans em Cnosso. l Início da publicação da revista literária A Águia, no Porto. l Exposição pós-impressionista, em Londres. l Manifesto Futurista, em Itália. l Russel e Whitehead: Principia Mathematica. l Wegener: Teoria da Deriva dos Continentes. l Matisse: A Dança. l Stravinsky: O Pássaro de Fogo. l No Hospital de Rilhafoles um louco assassina o Dr. MIGUEL BOMBARDA.l JOSHUA BENOLIEL fotografa a proclamação da República Portuguesa.
 

1911: Em Portugal, Manuel de Arriaga é o primeiro presidente constitucional; é aprovada uma nova constituição; lei da separação da Igreja do Estado suscita grave conflito com a Igreja Católica; o Tribunal Constitucional dá às mulheres o direito de voto. l Os franceses ocupam Fez. l Proclamação da República Chinesa por Sun-Yat-Sen. l Insurreição do México, Francisco Madero contra o presidente Porfirio Diaz; Zapata proclama o Plano de Ayalla. l Amundsen atinge o Pólo Sul. l Prémio Nobel da química para Marie Curie. l 1º Salão de Humoristas, em Lisboa, com obras de ALMADA NEGREIROS. l Claudel: O Refém. l A. Conan Doyle: O Círculo Vermelho. l H. G. Wells: O Novo Maquiavel. l Teixeira de Pascoais: Maranus. l Chesterton publica o seu primeiro romance com o detective Padre Brown. l Granados estreia a peça Goyescas, para piano. l Morre FIALHO DE ALMEIDA  l EUGÉNIO TAVARES funda o semanário A VOZ DE CABO VERDE. l Como Ministro, BRITO CAMACHO subscreve a Lei da Separação da Igreja do Estado.

1912: Primeira guerra balcânica, autonomia da Albânia. l Em França, gabinete de Poincaré. l Cristiano X, rei da Dinamarca. l Yoshi Hito, imperador do Japão. l Convenção internacional dos fusos horários. l Taylor e a organização científica do trabalho. l Osvaldo Cruz comanda o saneamento do vale amazónico.l Naufrágio do Titanic. l Invenção do aço inoxidável. l Jung funda a psicologia analítica. l Primeiro hidroavião. l AUGUSTO DOS ANJOS publica EU, que virá a ser o seu único livro de poemas. l Forrobodó é o grande sucesso de CHIQUINHA GONZAGA. l Schoenberg: Pierrot Lunar. l A. Modigliani: Cabeça de Pedra. l Ravel: Dafne e Cloé l B. Russell: Os Problemas da Filosofia. l Tagore: Gitanjali. l B. Shaw: Pigmaleão.

1913: Segunda guerra balcânica. l Mongólia, protectorado russo. l No México, assassinato de Madero. l RONDON acompanha e orienta o ex-presidente americano Theodore Roosevelt na sua expedição ao Amazonas. l Pensões de velhice e seguros de doença introduzidos nos EUA, na França e na Holanda. l Nascimento de CUNHAL.l Invenção do contador Geiger: aparelho de medição da radioactividade na atmosfera. l Stravinsky: A Sagração da Primavera. l M. Proust: Em Busca do Tempo Perdido. l Freud: Totem e Tabo. l Apollinaire: Alcools. l De Chirico: Praça de Itália. l Unamuno: O Sentimento Trágico da Vida. .

1914: . A. Renoir: A Banhista. l Leger: Mural. l André Gide: Os Subterrâneos do Vaticano. l James Joyce: Gente de Dublin. l Mário de Sá Carneiro: Confissões de Lúcio. l Griffith: O Nascimento de uma Nação. l  Morte do poeta AUGUSTO DOS ANJOS.l No Brasil Venceslau Brás é eleito presidente da República. l Abertura do Canal do Panamá. l Em Sarajevo, assassínio do arquiduque Francisco Fernando, herdeiro do imperador Francisco José; o governo austro-húngaro decide acabar com a Sérvia; a Rússia alia-se à Sérvia; em Paris, a 2ª Internacional decide que os socialistas devem «defender a pátria»; a França apoia a Rússia e a Inglaterra apoia a França; a Alemanha apoia a Áustria-Hungria e assim se desencadeia a I GUERRA MUNDIAL que irá durar até 1918; do lado dos Aliados, acabarão por entrar em guerra os seguintes Estados: Bélgica, Brasil, China, Costa Rica, Cuba, EUA, França, Grã-Bretanha, Grécia, Haiti, Honduras, Itália, Japão, Libéria, Montenegro, Nicarágua, Panamá, Portugal, Roménia, Rússia, S. Marinho e Sérvia; do lado dos Impérios Centrais irão entrar em guerra a Alemanha, Áustria-Hungria, Bulgária e Turquia (consideram os historiadores que, com estes eventos, só então começa verdadeiramente o Século XX)l  ROSA LUXEMBURGO é encarcerada durante um ano.

 

[Regressar à Tábua Cronológica]