[Regressar à página "Autores"]

ANGELA DUTRA DE MENEZES

 

Sou carioca – e de Ipanema, modéstia à parte. Quem conhece a cidade do Rio de Janeiro, entende o meu orgulho

De tanto gostar de ler, aprendi a escrever com jeitinho especial. Claro, não tinha escolha, acabei no jornalismo. Fiz minha carreira no Segundo Caderno do jornal O Globo e encerrei expediente na revista VEJA.

Não neguei minha geração: casei e descasei. Tive filhos, pimpolhos já crescidinhos mas que são minhas paixões.

Viajei por este mundo - continuo viajando. Depois de formada em Comunicação Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, estudei na Universidade da República do Panamá – meu portunhol é porreta - e na Universidade da Georgia, Estados Unidos. Alimento a esperança de estudar ainda mais. Meu maior medo na vida é, um dia, “emburrecer”.

Escrevi cinco livros: Mil anos menos cinqüenta, Santa Sofia, O avesso do retrato, O português que nos pariu - uma viagem ao mundo de nossos antepassados e Livro do apocalipse segundo uma testemunha. O primeiro foi traduzido para o espanhol e envaideceu-se em críticas, todas maravilhosas. O segundo e o terceiro rasparam no Prêmio Jabuti. O quarto foi considerado um dos dez melhores livros brasileiros de 2 000 e o quinto, bem, o quinto é melhor ler depressa antes que o mundo acabe.

Sou feliz, faço o que gosto. Tenho amigos, curto meus filhos, dou risada em muitos papos, ouço música, leio, escrevo e adoro viajar.

Alguém pode querer mais?

Neste site colabora com a seguinte biografia:

D. Afonso Henriques

[Regressar à página "Autores"]